• Bancada Didática de Turbina Francis Edibon FME28

Esta unidade consiste em uma turbina Francis em miniatura. O fluxo de entrada de água é controlado por uma válvula situada na bancada hidráulica (FME00) ou no sistema de alimentação hidráulica básica (FME00 / B). Inclui um distribuidor com palhetas guia ajustáveis que permitem o controle do ângulo de incidência da água na turbina. Para ajustar o distribuidor da turbina, a unidade possui uma alavanca na frente da mesma. Também possui um sistema de freios, conectado a dois dinamômetros, que permite variar a carga fornecida à turbina. É fornecido com um tubo de aspiração que consiste em uma condução que une a  turbina ao canal de saída; seu objetivo é recuperar a quantidade máxima de energia cinética da água quando ela sai da turbina. A pressão de entrada da turbina é medida com um manômetro situado na entrada da turbina. A câmara de alimentação ou espiral é fornecida com uma tampa de amortecimento e dois tubos para evitar o transbordamento de água. Seu nome indica que é em forma de espiral e, por esse motivo, é conhecido como câmara de caracol. Graças ao seu design, a água flui a uma velocidade constante sem formar redemoinhos. Dessa forma, não há perdas de carga. A velocidade do eixo da turbina é determinada por um tacômetro.


POSSIBILIDADES PRÁTICAS:

1.- Determinar as características operacionais de uma turbina Francis em diferentes velocidades.

2.- Determinação das curvas típicas da turbina (curvas mecânicas de operação e curvas hidráulicas de operação).

3.- Potência da turbina versus velocidade e vazão em várias cabeças.

4.- Efeito do ajuste da palheta-guia no desempenho da turbina.

5.- Adimensionalização.


Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom

Bancada Didática de Turbina Francis Edibon FME28

    Preço sob
    consulta

Voltar ao inicio