Aprenda a desobstruir o bico da impressora 3D E-one da Goofoo e não pare de produzir

A impressora 3D E-one é uma impressora da Goofoo, marca chinesa que quer com seus produtos fazer seus usuários imprimirem os seus sonhos na vida real. A E-one é uma impressora 3D aberta rica em recursos e potencialidades. É um equipamento de grande formato projetada especialmente para uso doméstico ou de escritório, possui um hardware aprimorado para oferecer melhor funcionalidade e utiliza a tecnologia FDM. Um equipamento tão incrível ainda assim pode causar uma boa dor de cabeça quando o seu bico entope, o que é algo comum se o maquinário não for manuseado de forma correta.

Dessa forma nessa matéria vamos aprender como desobstruir o bico da sua Goofoo 3D E-one. Ficou interessado? Então continua lendo. O vídeo possui descrição em inglês, mas nós preparamos uma transcrição em português para você entender tudo o que está acontecendo.

Entre em “Tool” (Ferramenta), em seguida em “Preheat” (Pré-aquecer) e aqueça o bico, prepare as ferramentas da agulha pequena e da haste ejetora. Quando a temperatura do bico chegar a 200 ºC, use a pequena agulha para fechar o bico, depois empurre a haste ejetora dentro do tubo de metal para fazer a limpeza, repita o processo até todo o resíduo sair. Pronto, sua Goofoo 3D E-one está com o bico desobstruído e pronta para ser usada.

Gostou do conteúdo? Tirou todas as dúvidas? Aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de impressoras 3D com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: https://datasonic.com.br

Aprenda como instalar a sua Epson WorkForce GT-1500 com esse guia rápido e prático


Scanner Epson Workforce GT-1500

A scanner Epson WorkForce GT-1500 é ideal para escritórios, cartórios, tribunais de justiça, bancos, escolas e qualquer outro departamento, apresenta alta resolução de 1200 x 2400 dpi, capaz de digitalizar qualquer tipo de arquivo em alta qualidade e dessa forma conservar todas as características do material trabalhado. Trata-se de um equipamento super prático para o dia-a-dia e que também apresenta uma configuração de instalação super facilitada e é justamente sobre ela que vamos falar aquí. Ficou intressado? Então continua lendo a aprenda tudo o que precisa sobre a instalação da sua scanner Epson WorkForce GT-1500.

Acompanhe as etapas abaixo para configurar de forma simples e fácil a sua scanner Epson WorkForce GT-1500.

1. Desembale o equipamento

Desembale o equipamento e confira todos os itens presentes.

2. Instale o software

Nesse momento, ainda não conecte o cabo USB.

Insira o CD no drive de CD no seu computador e prossiga com a instalação.

Installation Guide – GT-1500

Selecione Português e depois clique em Instalar e siga as instruções na tela. Windows® 8:

3. Conecte e ligue o scanner

Siga os passos demonstrados nas imagens abaixo:

1.

2.

3.

4. Nesse momento, ligue o equipamento.

4. Escaneie um documento

1. Deslize as guias da borda para fora

2. Carregue até 40 páginas do seu documento original com a face virada para cima e com a borda superior para dentro. Depois deslize as guias da borda para dentro.

3. Aperte o botão Iniciar.

4. Certifique-se de que Deteção automática e o tamanho de página correto estão selecionados. Depois clique em Digitalizar.

5. Selecione as suas configurações de arquivo e clique em OK.

Observação: Você também pode colocar os documentos ou fotos diretamente no vidro da mesa de documentos e escaneá-los de lá.

No vídeo abaixo você pode ter uma visão ainda melhor desse produto que é sensacional, mais do que um scanner, o Workforce GT-1500 da Epson é um importante aliado nas atividades do seu dia-a-dia, agregando segurança e qualidade de reprodução aos seus documentos.

Gostou do conteúdo? Tirou todas as dúvidas? Aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de scanners com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: https://datasonic.com.br

Coma, durma e crie com a Da Vinci 1.0 Pro da XYZ Printing

A da Vinci 1.0 Pro é uma impressora 3D de classe profissional que oferece suporte à impressão com filamento plástico de terceiros e código G. É uma impressora super tecnológica com recursos que farão a sua criatividade sair do papel e tomarem forma. Com uma poderosa bandeja de impressão de alumínio de 200 x 200 x 200 mm e uma área de impressão fechada para oferecer qualidade de impressão de forma mais consistente. A bandeja de impressão de alumínio distribui rapidamente o calor de maneira uniforme e reduz as chances de arqueamento, oferecendo-lhe impressões ótimas em ABS. Além disso é possível tornar seus projetos um pouco mais profissionais com um complemento opcional de gravação a laser. Bastando substituir a cabeça de impressão por um módulo de laser, carregar nosso software de gravação e gravar em plástico, couro, papel, papelão ou madeira. Então, ficou interessado no produto. Nessa matéria acompanhada de um vídeo da Da Vinci Pro, mostramos o que você precisa fazer para realizar a sua primeira impressão. Vem com a gente conhecer como funciona a Da Vinci Pro e revolucione o seu mundo. Bom vídeo e boa leitura!

Após abrir, cole afita de impressão na plataforma de impressão. Ligue a impressora Selecione UTILITIES (Utilitários), JOG MODE (MODO JOG), Z AXIS (EIXO Z) e ajuste a plataforma de impressão para uma altura apropriada, endireite a fita da plataforma. Evite as folhas de ferro nos quatro cantos da plataforma, não sobreponha a fita. Anexe a fita à plataforma até a área da plataforma estar completamente coberta. Lembre-se que o adesivo da plataforma impressão é reutilizável. Substitua o adesivo quando estiver desgastado.

Seguido pela instalação do Cartucho de Filamento da XYZprinting, remova o batente e a fita do filamento e mantenha o botão de filamento. Coloque o cartucho de filamento na compartimento do filamento e aperte a Trava do cartucho do filamento.

Nota importante: Se o filamento compatível é usado, por favor, instale o carretel de filamento. Retire uma porção do filamento. Identifique a extremidade frontal com uma abertura oblíqua. Abra o braço de liberação e insira filamento no buraco orientador do módulo do filamento e continue empurrando o filamento no buraco para que a extremidade dianteira do filamento esteja completamente inserida no orifício de alimentação

Selecione UTILITIES (Utilitários), CHANGE CART (TROCAR CART), LOAD FILAMENT (CARREGAR FILAMENTO). Se o filamento de XYZprinting for usado, quando a tela mostra USE XYZPRINTING CARTRIDGE NOW? (USAR CARTUCHO XYZPRINTING AGORA?), selecione YES (Sim) para aplicar as configurações padrão originais. Se o filamento compatível é usado, quando a tela mostra USE XYZPRINTING CARTRIDGE NOW? (USAR CARTUCHO XYZPRINTING AGORA?), selecione NO (Não).

De acordo com o material do filamento instalado, você pode personalizar as configurações de temperatura. Ajuste NOZZLE (Bico), BED (Plataforma), UNLOAD (Descarregar) e selecione o item a ser ajustado, pressione OK. A temperatura de aquecimento do filamento de carregamento e impressão para NOZZLE (Bico) pode ser definido como 170-240℃.

Três dígitos são ajustáveis. A Tecla esquerda/direita é usada para selecionar diferentes dígitos. Chave para cima/para baixo é usada para alterar os valores de configuração. Pressione OK para completar as configurações. Se a temperatura personalizada exceder o intervalo permitido, a tela irá mostrar alerta de alcance de configuração. Da mesma forma pode ser usada para ajustar a temperatura para BED (Plataforma) e UNLOAD (Descarregar). A temperatura para BED (Plataforma) pode ser definida como 0-110℃. A temperatura de UNLOAD (Descarregar) pode ser definida como 170-240℃, novamente pressione OK para completar as configurações.

Selecione APPLY SETTING (Aplicar configuração) e os ajustes de temperatura personalizados são aplicados. De acordo com os ajustes de temperatura personalizados pelo usuário, a impressora vai esquentar a extrusora até a temperatura de operação. Insira o filamento para o Módulo da extrusora, depois deve-se verificar se o filamento flui para fora do bico. Pressione OK para terminar o procedimento de carregamento de filamento e calibre a plataforma. Para isso, selecione UTILITIES (Utilitários), CALIBRATE (CALIBRAR) e espere até que a plataforma seja aquecida a temperatura de calibração. Quando a temperatura é atingida, a medição automática será executada para a impressora. Com a tela exibindo a mensagem PERFECT! ADJUST MORE? (Perfeito! Ajustar mais?), significa que o nivelamento da plataforma está correto. Selecione NO (Não) para concluir o procedimento de calibração de plataforma. Quando a tela exibe UNLEVEL BED ADJUST NOW? (Desnivelada, ajustar plataforma agora?). Indica que a plataforma não está nivelada. Logo, selecione YES (Sim) para calibrar a plataforma.

Existem três botões brancos de 4 passos debaixo da plataforma, cada passo indica uma rotação de 90 graus. 4 passos de alternância indicam um círculo completo de rotação do botão. Siga as instruções na tela: Ajuste o botão branco na parte frontal de acordo com o número exibido. Gire para a direita/para a esquerda para ajustar o ângulo de STEP (PASSO). Após a conclusão, selecione OK para entrar no próximo procedimento. Siga o procedimento acima, ajuste o botão branco no lado direito, seguido pelo botão branco no lado esquerdo, após a conclusão, selecione OK. Espere até que a plataforma seja aquecida a temperatura de calibração. O nivelamento da plataforma será detectado pela impressora novamente. Continue o ajuste de acordo com as instruções na tela até que o resultado de detecção mostre PERFECT! (Perfeito!). Selecione NO (Não) para salvar a configuração. Procedimento de ajuste de plataforma finalizada.

Você pode imprimir o modelo incluído como exemplo. Então selecione UTILITIES (Utilitários), BUILD SAMPLE (CONSTRUIR AMOSTRA), selecione a amostra integrada a ser impressa e selecione YES (SIM). A impressora começará a imprimir o fluxo. Após a conclusão da impressão, por favor, use o raspador anexado. Insira a parte inferior do produto da impressão para que o objeto impresso seja solto da plataforma e seja fácil de removê-lo. Por fim, execute o procedimento de descarga do filamento. Selecione UTILITIES (Utilitários), CHANGE CART (TROCAR CARRO), UNLOAD FILAMENT (DESCARREGAR FILAMENTO). Quando a tela mostrar OK TO RETURN (OK para retornar), a impressora expelirá o filamento. Pronto, sua primeira impressão está completa.

Gostou do conteúdo? Tirou todas as dúvidas? Aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de impressoras 3D com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto.

O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: https://datasonic.com.br

Let’s make a 3D impression using Da Vinci Pro 1.0 by XYZ Printing

Process

Using the XYZmaker software or other CAD program of your choice, begin the process to design each of the parts of your molecules. It may help your students to first sketch out the shape and size of their design on paper before trying to design it in the CAD program.

3D Printing Process

Once your designs are complete, you can start to process the files using the included XYZware slicer software.

Step 1. Launch the XYZware software. Ensure that your 3D Printer is setup and connected to your computer. If it is not connected, you will see the following message:

Step 2. Import your design file(s) that you want to print. The following formats can be imported:

– .3w

– .stl

– .nkg

– .3mf

Import in the sample files for this project: 30-01.stl, 30-02.stl

Step 3. Select the scale of your 3D model. After selecting your option, the model will be auto placed on the center of your build platform. If importing in more than one part, each part can be moved along the X and Y axis to allow for multiple parts to be built at the same time.

Step 4. Once you have your settings configured, you can either save the configuration or print the file.

Step 4.1. Export your settings to other XYZprinting brand 3D Printers.

Step 4.2. Save the file

Step 4.3. Start your print. This option will send the information to your 3D Printer. Make sure that you have the 3D Printer connected to your computer that is running the XYZware software.

For best print results, change the Quality to the Excellent setting. If you are having adhesion problems, select the Raft and Brim options. If parts are adhering to the print bed without any problems, uncheck the Raft and Brim options and only select Supports.

Select the Advanced option to change the infill settings. Click on the Infill Density option. To ensure the part has a solid core, change the infill settings to 90% and the Quality to Excellent. Changing the infill setting to a more solid infill will produce a stronger part and allow for more torque to be applied to the part.

After selecting all of your options, click on the Print button to start printing. Before the part can be printed, the 3D model needs to be sliced into layers. The XYZware program will slice your object and notify you when the slicing is completed.

Once the slicing is completed, click on the Print button to send the job to the printer.

Did you like the content? Did you take any doubts? Take advantage and check all the content and products available on the Datasonic website, a pioneer in cutting-edge technological equipment that stands out for its diversity of brands, models and especially prices is at your disposal, so you can take all your doubts, compare prices and finally, choose the best product for you. On the website it is possible to find numerous models of 3D printers with the most diverse resources, configurations and related equipment. The Datasonic website has a wide portfolio and a range of varied products, all at your disposal.

The Datasonic website is available to you 24 hours a day, 7 days a week. Just waiting for you to come and check out all the technology in equipment we provide for you and your company. What are you waiting for? Visit us right now.

Access: https://datasonic.com.br

Realizando a sua primeira impressão 3D na Da Vinci Color da XYZ Printing

Utilizada em vários ramos da indústria, a impressão 3D pode ser empregada desde a produção de pequenos protótipos até a construção de blocos de alvenaria. É um mundo novo e cheio de possibilidades. As impressoras 3D contemplam de forma fácil e rápida a concretização de projetos tridimensionais antes descritos apenas no papel ou na tela do computador.

Nesse meio a XYZ Printing 3D se destaca pela sua tecnologia e versatilidade em seus produtos. A empresa possui um leque de produtos que contemplam os mais diversos usos da impressão 3D, desenvolvendo seus equipamentos para diversos ramos desde à indústria até a educação. Quer conhecer um pouco mais sobre todo o potencial dos produtos da XYZ Printing 3D? Então continua nessa matéria e confere o passo a passo para você realizar a sua primeira impressão utilizando uma impressora 3D incrível dessa empresa, a Da Vinci Color.

A Da Vinci Color é a primeira impressora mundial 3D FFF totalmente colorida que utiliza tecnologia de jato de tinta CMYK para criar impressões 3D totalmente coloridas de qualidade. O Vídeo “Imprimindo pela primeira vez na Da Vinci Color, nos preparada com o passo a passo para podermos utilizar todas as potencialidades desse equipamento incrível e cheio de possibilidades. O vídeo não possui narração, mas nós preparamos uma transcrição para que você acompanhar e entender tudo sobre o produto. Boa leitura e Bom Vídeo!

Conecte o cabo de alimentação para ligar a energia. Escolha o idioma que você deseja usar. Aplique a fita na cama de impressão. Recomendamos o uso da fita da cama de impressão. Retire o ímã de borracha. Prenda a fita (incluída com a máquina) ao ímã de borracha. Coloque de volta o ímã de borracha. Observe que o ímã precisa ser conectado à plataforma de impressão. Calibração automática (correção no nível da plataforma)

A plataforma medirá automaticamente três pontos. Depois que o motor ajusta automaticamente as alturas dos três pontos. A calibração da base de impressão está correta. Configure o Wi-Fi. Insira o dongle Wi-Fi na parte superior da máquina. Confirme se o ponto de acesso está ligado. Escolha a rede que você deseja usar. Digite a senha. Conclua a conexão de transmissão sem fio. Hora de carregar o filamento. Retire a tampa e abaixe o suporte do filamento.

Coloque o filamento no suporte e clique em Avançar. Após o bocal se mover para o ponto fixo, insira o filamento no módulo de alimentação. Confirme se o filamento entra no módulo de alimentação no sentido horário. Verifique se o filamento está sendo extrudado do bico. O carregamento do filamento está completo.

Instalando o cartucho de tinta. Verifique se a tinta está fluindo corretamente antes de carregá-la. Verifique se a tinta é transferida para o papel em dois links limpos. Coloque a tinta. Depois de posicionar o mecanismo, coloque a tinta dentro.

Etapas para inserir a tinta: 1. Abra a tampa superior. 2. Insira a tinta em ângulo. 3. Empurre o cartucho no lugar. 4. Feche a tampa superior. Para detalhes sobre como instalar a tinta, consulte o vídeo intitulado: Etapas de instalação da substituição de tinta. Prepare uma folha de papel branco, dobre-a para trás e coloque-a sobre o ímã de borracha. Verifique se os ímãs de borracha estão afixados na plataforma de impressão. Realize uma impressão de teste na página de teste. Verifique se as várias cores da tinta saem sem problemas.

Inicie a calibração de cores. Prepare uma folha de papel branco, dobre-a para trás e coloque-a sobre o ímã de borracha. Verifique se os ímãs de borracha estão afixados na plataforma de impressão. Execute a calibração de cores. Retire o papel branco. Encontre as linhas que alinham cada cor (CMY) com K nas direções horizontal e vertical. Depois de inserir o número correspondente. A calibração de cores será concluída. Inicie a calibração da tinta. Confirme se a plataforma de impressão está limpa e feche a porta. Execute o teste de impressão (por cerca de 15 minutos). Retire o produto de teste impresso. Localize a caixa em que a impressão 3D e o jato de tinta 2D estão alinhados. Digite o número correspondente às direções vertical e horizontal, respectivamente. Calibração de cores concluída.

Imprimir a partir de USB. Salve o arquivo fatiado na unidade flash USB. Insira a unidade flash USB na máquina. Clique no arquivo que você deseja imprimir. Confirme o arquivo de impressão. E comece a imprimir!

Gostou do conteúdo? Tirou todas as dúvidas? Aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de impressoras 3D com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição.

O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: https://datasonic.com.br

Como determinar a integridade do sinal do osciloscópio: ADC ENOB versus Sistema ENOB

A integridade do sinal continua sendo um tópico importante no mundo da eletrônica. Os projetos de hoje têm margens cada vez menores e taxas de dados crescentes; o que significa que as medições devem ser mais precisas do que nunca. Todo fornecedor de osciloscópio tem algum tipo de tom em torno da integridade do sinal: maior número de bits ADC, menor nível de ruído, taxa de amostragem mais rápida e a lista continua. Embora todas essas especificações sejam importantes, é essencial entender todo o sistema de medição e não basear sua decisão em apenas uma dessas especificações. Educar-se sobre o que cada uma dessas especificações realmente significa para o seu projeto economiza tempo e angústia durante o teste. Por isso, nessa sequência de matérias intitulada Como determinar a integridade do sinal do seu osciloscópio, você saberá exatamente o que precisa procurar para determinar a verdadeira integridade do sinal. Nesta matéria falaremos sobre o ADC ENOBE e o Sistema ENOBE, o que eles significam e como se relacionam. Sabe o que é isso? Ficou interessado? Então continua nesse artigo e boa leitura!

Se você conhece apenas o básico do ENOB e simplesmente o procura na folha de dados, pode não perceber que também há uma diferença nas especificações do ENOB. Observe que a seção anterior falou sobre o sistema ENOB. Essa terminologia é crítica, pois há uma diferença significativa entre o sistema ENOB e o ADC ENOB. ADC ENOB refere-se ao número efetivo de bits no ADC e somente no ADC. No entanto, um osciloscópio é feito de um sistema inteiro, não apenas de um ADC. A especificação ADC ENOB não é representativa do número de bits que são efetivos em todo o osciloscópio, que é o que realmente importa quando você faz medições. O sistema ENOB é o número de bits que são eficazes para ver o sinal na tela; fazendo medições; e usando recursos de análise. Se essa especificação não estiver na folha de dados ou na documentação do fornecedor, solicite-a.

Então, percebeu que há diferenças significativas entre o ENOB ADC e o Sistema ENOB, e que todas elas podem afetar de algum modo as suas análises se você não escolher um produto com os parâmetros corretos. Informação na hora da compra é essencial. Tirou todas as dúvidas? Aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de osciloscópios com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto.

O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: www.datasonic.com.br

Noções básicas sobre largura de banda: A especificação de equipamento de teste nº 1 que você precisa conhecer

O que é largura de banda e como isso impacta no desempenho do seu osciloscópio? Esse conhecimento é importante? E você sabe o que a largura significa de fato?

O Daniel Bogdanoff da Keysight te explica tudo sobre esse parâmetro no vídeo abaixo. Understanding Bandwidth – The #1 Test Gear Spec You Need to Know. O vídeo é narrado em inglês, mas nós preparamos uma transcrição para que você acompanhar e entender tudo sobre os temas que ele está abordando. Bom Vídeo!

Hoje, vamos dar uma olhada em uma maneira diferente de pensar sobre largura de banda. O que realmente é largura de banda e o que isso significa para seus sistemas?

Olá, sou Daniel Bogdanoff, e hoje vamos abordar sem dúvida a mais fundamental de todas as especificações de equipamentos de teste – largura de banda.

No equipamento de teste 101, você ouve que a largura de banda é simplesmente o componente de frequência mais alta que você pode medir ou produzir. Por exemplo, um osciloscópio de 100 MHz pode medir uma onda senoidal de 100 MHz. Mas, esse sinal será atenuado em cerca de 3 dB, porque no equipamento de teste 201 você ouve que o sinal realmente sai um pouco perto da largura de banda máxima do seu sistema. De fato, você pode ver frequências que excedem a largura de banda do seu osciloscópio.

Por exemplo, aqui está um sinal de 40 MHz e 5 Vpp canalizado no meu osciloscópio de 1,5 GHz. Sem problemas. Mas, então, ativei o limite de largura de banda de 20 MHz do meu osciloscópio, ainda vejo minha onda senoidal de 40 MHz, mas a tensão pico a pico atenuou até 2,1 volts. Então, basicamente, eu consigo ver um sinal que dobra a largura de banda do meu osciloscópio.

O mesmo vale para a saída de um gerador de funções, mas é mais difícil ver isso na prática porque o software não permite que você defina uma frequência mais alta que a saída máxima declarada pelo gerador. Em um gerador de 100 MHz, você simplesmente não pode mudar a configuração de frequência para mais de 100 MHz. Portanto, isso levanta a questão: por que nós, projetistas de equipamentos de teste e medição, simplesmente dizemos que o gerador pode produzir uma frequência mais alta e depois limitar a amplitude nessas frequências estendidas? Ou então, por que não posso dizer que meu osciloscópio tem uma largura de banda maior? Aqui eu sou capaz de medir o dobro da largura de banda nesse osciloscópio. Certamente faria nossas especificações parecerem melhores!

Para responder a isso, precisamos examinar mais de perto o que a largura de banda realmente significa. Como se vê, não é sobre o Hertz, os ciclos por segundo, é sobre o tempo de subida. É sobre a rapidez com que o sinal sobe e desce. Velocidade de borda. Vamos dar um exemplo. Um motorista de entrega tem um carro que pode viajar a 100 km / h no máximo. Ele precisa fazer uma entrega a 50 km, por isso levará 1 hora para entregar a encomenda e voltar. Sua frequência é de 1 entrega por hora. Em seguida, ele deve entregar dois pacotes que estão a apenas 25 km de distância. Levará apenas 30m para cada pacote e sua frequência será de 2 entregas por hora. Sua frequência dobrou, mas sua velocidade não mudou.

O mesmo acontece com equipamentos de teste e largura de banda. A largura de banda de um osciloscópio ou a saída do gerador é semelhante à taxa de entrega (entregas por segundo), enquanto o tempo de subida é semelhante à velocidade do motorista. Claro, ele pode entregar mais pacotes se as entregas estiverem mais próximas, mas a velocidade da viagem não muda. É o mesmo com o equipamento de teste.

Outra maneira de pensar sobre isso é em termos de componentes de frequência. Largura de banda refere-se aos componentes de frequência quando você olha para o domínio da frequência, mas o tempo de subida ou a velocidade da borda no domínio do tempo. Observe minha velocidade de borda mudar enquanto alterna o limite de largura de banda.

Aqui está o que está acontecendo.

Quando o sinal fica positivo, o rastreamento do osciloscópio começa a se mover positivo. Mas, isso deve ser feito de forma linear, o que significa que não pode simplesmente subir magicamente para o novo valor de tensão. A velocidade que o osciloscópio se ajusta à mudança é ditada por sua largura de banda. Portanto, é possível medir tecnicamente uma frequência maior que a largura de banda máxima do osciloscópio, mas não é possível medir uma velocidade de borda mais rápida que a largura de banda máxima do osciloscópio.

O mesmo vale para um gerador de funções. A velocidade da borda da saída atinge o máximo em sua largura de banda máxima. É por isso que um gerador de funções de 100 MHz pode criar uma onda senoidal de 100 MHz, mas não uma onda quadrada de 100 MHz. O Hertz é o mesmo, mas as velocidades da borda são muito diferentes.

Portanto, se você estiver escolhendo um gerador de funções, pense em que tipos de sinais você deseja gerar, não apenas na largura de banda máxima. Uma regra geral para ondas quadradas é que você precisa de um gerador com 3x a largura de banda da sua frequência de ondas quadradas. Você pode usar esse conhecimento para enviar algumas das especificações do seu osciloscópio, mas isso já assunto para um outro vídeo.

Aprendeu tudo o precisava sobre esse tema? Então aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de osciloscópios com os mais diversos recursos e configurações e equipamentos relacionados. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto.

O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: www.datasonic.com.br

Obtenha o melhor do seu osciloscópio: veja mais detalhes usando o disparo avançado

O triggering ou disparo do osciloscópio é um dos recursos mais importantes que você precisa entender se desejar tirar o máximo proveito do seu osciloscópio. Contudo, há o advanced triggering ou disparo avançado que reúne uma série de recursos mais precisos e potentes, além de mais opções para você acionar e colocar à sua disposição a partir do seu osciloscópio. Ficou interessado? Então continua lendo esse artigo e vem descobrir tudo sobre esse mecanismo. Boa leitura!

Disparo por tempo de subida ou queda

O disparo por tempo de subida ou queda procura uma transição de subida ou descida de um nível para outro, maior ou menor que um determinado período de tempo. É acionado em sinais que mudam de estado muito rápido ou muito lentamente. Esse disparo é útil para verificar se há uma incompatibilidade de impedância ou algum carregamento extra no sistema que está causando lentidão nas bordas.

Um disparo de configuração e tempo de espera é usado para qualquer dado e sinal de relógio. Um canal do osciloscópio analisa o sinal do relógio e outro canal analisa o sinal dos dados. O tempo de configuração é o tempo em que um nível de sinal de dados deve estar presente antes do limite do relógio. Tempo de espera é o tempo em que um nível de sinal de dados deve permanecer após o limite do relógio. Este é um disparo importante, pois, os projetos digitais exigem que o estado da linha de dados seja configurado (0 ou 1) por um certo período de tempo antes que ocorra o limite do relógio. Defina as condições do disparo para as configurações requeridas e mantenha os requisitos para verificar se há violações no seu projeto.

Disparos de protocolo Atualmente, muitos osciloscópios possuem disparos de protocolo embutidos. Isso é extremamente útil se você estiver trabalhando com barramentos seriais. Para cada um desses barramentos diferentes, há uma série de disparos diferentes (condição inicial, condição de parada, confirmação ausente, endereço sem confirmação e muito mais).

Aeroespacial/Defesa ARINC 429, MIL-STD 1553, etc.
Automotivos CAN, I2C, SPI, etc.
Computadores USB, etc.

Você pode iniciar sua depuração acionando uma condição de início, o que fornecerá uma visão estável dos pacotes recebidos e uma visão de como o sistema está operando. Se você estiver recebendo erros do sistema ou quiser provar que tudo está funcionando, poderá acionar exclusivamente o disparo de erros. Isso permitirá que você se concentre apenas nas áreas que causam problemas e não perca tempo percorrendo centenas de pacotes sem erros. Se o seu osciloscópio tiver memória segmentada, você poderá ativá-la e capturar exclusivamente erros por longos períodos de tempo.

Ficou interessado no tema? Então confere esse vídeo do Mike Hoffman da Keysight que discute sobre os osciloscópios de armazenamento digital: como disparar um sinal, como usar técnicas avançadas de disparo, pesquisa e localização de osciloscópios e teste de máscara de osciloscópio.

Se as configurações se disparo são um recurso super útil para o osciloscópio, o disparo avançado é mais ainda. Com uma gama de possibilidades de uso o recurso proporciona ainda mais alternativas para o seu osciloscópio. Aprendeu tudo o precisava sobre as configurações avançadas de disparo? Então, aproveita e confere todo o conteúdo e produtos disponíveis no portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de osciloscópios com os mais diversos recursos e configurações. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto.

O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: www.datasonic.com.br

Osciloscópio: entenda o que é a largura de banda

Osciloscópio Digital Siglent SDS1052DL+ 50 MHz 2 canais

Nos osciloscópios, a largura de banda é um os requisitos muito avaliados para atestar a qualidade do equipamento e a sua capacidade de trabalho, porém, você sabe para que de fato esse parâmetro serve e qual o impacto que ele pode ter sobre as suas análises? Então se liga nesse artigo e entenda o que é a largura de banda em osciloscópios. Boa leitura!

Todos os osciloscópios possuem uma resposta de frequência advindo de um filtro passa-baixo que mantem as frequências mais baixas e eliminam as mais altas, como mostra a Figura 1. A maioria dos osciloscópios com especificações de largura de banda de 1 GHz e abaixo normalmente têm o que é chamado de resposta gaussiana, que exibe um roll-off lento característico que se inicia aproximadamente em um terço da frequência de -3 dB. Osciloscópios com especificações de largura de banda maiores que 1 GHz normalmente apresentam uma resposta de frequência maximamente plana, como mostra a Figura 2. Esse tipo de resposta geralmente exibe uma faixa em uma resposta de banda com uma característica de corte mais nítida perto da frequência de -3 dB.

Figura 1. Resposta de frequência gaussiana do osciloscópio
Figura 2: Resposta de frequência máxima plana do osciloscópio

Existem vantagens e desvantagens para cada um desses tipos de respostas de frequência no osciloscópio. Os equipamentos com resposta máxima plana atenuam menos os sinais dentro da banda que do que os aparelhos com resposta gaussiana, o que significa dizer que os osciloscópios com respostas maximamente planas são capazes de fazer medições mais precisas nos sinais de banda. Já o osciloscópio com resposta gaussiana atenua fora da banda e sinaliza menos que um equipamento de resposta maximamente plana, ou seja, esses aparelhos geralmente apresentam um tempo de subida mais rápido se comparado ou modelo com resposta maximamente plana. Há casos em que é vantajoso atenuar sinais fora da banda em um grau mais alto, uma vez que ajuda a eliminar os componentes de maior frequência que podem contribuir para o aliasing que é um efeito que faz com que sinais diferentes se tornem indistinguíveis, sem falar que essa atenuação ainda pode proporcionar a contemplação do Critério de estabilidade de Nyquist (fS > 2 x fMAX).

Se o seu osciloscópio tem uma resposta gaussiana, maximamente plana ou em algum ponto intermediário a menor frequência na qual o sinal de entrada atenuado é por 3 dB, então esse valor é a largura de banda do seu aparelho. A largura de banda do osciloscópio e a resposta de frequência podem ser testadas com a realização de uma varredura da frequência utilizando um gerador de sinal de onda senoidal. Uma atenuação do sinal na frequência de -3 dB se traduz em aproximadamente -30% de erro de amplitude. Logo, você não pode esperar que o seu aparelho faça medições precisas de sinais se esses tiverem frequências significativas próximas ao da largura de banda do seu equipamento, é necessário que a largura do seu osciloscópio seja maior.

Osciloscópio Digital Siglent Série SDS2000X

No osciloscópio a especificação do tempo de subida é algo intimamente relacionado à especificação de largura de banda do aparelho. Equipamentos com uma resposta do tipo gaussiano apresentam um tempo de subida aproximado de 0,35/fBW com base em um critério de 10% a 90%. Osciloscópios com uma resposta maximamente plana, geralmente têm especificações de tempo de subida na faixa de 0,4/fBW, dependendo da nitidez da característica de redução de frequência. Porém, você precisa se ater que o tempo de subida de um osciloscópio não é a velocidade de borda que o aparelho pode medir com precisão. Esta, na verdade e a velocidade que o osciloscópio pode produzir se o sinal de entrada tiver um tempo teórico infinitamente rápido de subida (0 ps).

Embora seja impossível testar essa teoria, pois os geradores de pulso não possuem bordas infinitamente rápidas, por uma perspectiva prática, você pode testar o tempo de subida do seu osciloscópio inserindo um pulso que possui velocidades de borda de 3 a 5 vezes mais rápidas que o tempo de subida do osciloscópio testado.

Considerando as possibilidades de usos que o osciloscópio possibilita se ater à largura de banda, bem como compreender qual a melhor configuração usar no trabalho que você irá realizar pode ser um fator fundamental para o sucesso da sua análise. Agora que você já sabe o que é a largura de banda em osciloscópios, o portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de osciloscópios com os mais diversos recursos e configurações. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto. O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: www.datasonic.com.br

Osciloscópio: Aprenda a largura de banda necessária para aplicações analógicas

Nem toda largura de banda no seu osciloscópio pode ser usada para qualquer aplicação, existem diferenças que precisam ser consideradas quando da utilização em aplicações analógicas e digitais, mas você sabe qual largura de banda necessária para aplicações analógicas? Se não, continua lendo esse artigo que vamos te explicar tudo. Boa leitura!

Anos atrás, a maioria dos fornecedores de osciloscópios recomendava que a largura de banda do seu osciloscópio devia ser pelo menos três vezes maior que a frequência máxima do sinal que está sendo analisado. Embora esse fator “3X” de multiplicação não possa ser aplicado para aplicações digitai, ainda é utilizado em para aplicações analógicas, como modulação RF.

A Figura 1 mostra um teste de resposta varrida (20 MHz a 2 GHz) em um osciloscópio de largura de banda de 1 GHz da Keysight. Como você pode ver, em exatamente 1 GHz, a entrada é atenuada em cerca de 1,7 dB, o que está dentro da limitação de -3 dB que define a largura de banda desse osciloscópio. No entanto, para realizar medições precisas em sinais analógico, você precisa usar o osciloscópio na parte da frequência de banda onde ela ainda é relativamente plana e apresenta atenuação mínima. Em aproximadamente um terço da largura de banda de 1 GHz do osciloscópio, o mesmo praticamente não apresenta atenuação (0 dB). No entanto, nem todos os osciloscópios irão apresentar esse tipo de resposta.

Figura 1. Teste de resposta de frequência varrida no osciloscópio MSO7104B de 1 GHz de largura de banda da Keysight.

O teste de resposta de frequência varrida mostrado na Figura 2 foi realizado em um osciloscópio de largura de banda de 1,5 GHz de outro escopo fornecedor. Este é um exemplo de uma resposta de frequência não muito plana. As características desta resposta não são nem gaussianas nem maximamente planas. Parece ser “maximamente acidentada” e cheia de picos, o que resultar em uma grave distorção da forma de onda em ambos os sinais analógico e digital. Infelizmente, um osciloscópio com especificações de largura de banda, cuja frequência de atenuação é de 3 dB não vai dizer nada sobre a atenuação ou amplificação em outras frequências. Mesmo em um quinto da largura de banda desse osciloscópio, os sinais são atenuados em aproximadamente 1 dB (10%) nesse osciloscópio.

Figura 2. Teste de resposta de frequência varrida em um osciloscópio de 1,5 GHz de largura de banda de outro fornecedor.

Portanto, nesse caso, seguir a regra prática de 3X não seria prudente. Ao selecionar um osciloscópio, é importante escolher um fornecedor respeitável e preste muita atenção na planicidade relativa da resposta de frequência do escopo. Então, aprendeu um pouco mais sobre a largura de banda necessária para aplicações analógicas e como isso pode influenciar nos seus resultados, bem como em qual osciloscópio você deve comprar? Não é muito complicado e o portal Datasonic, pioneiro em equipamentos tecnológicos de ponta que se destaca pela sua diversidade de marcas, modelos e principalmente preços está a sua disposição para que você possa tirar todas as suas dúvidas, comparar preços e por fim, escolher o melhor produto para você. No site é possível encontrar inúmeros modelos de osciloscópios com os mais diversos recursos e configurações. O portal Datasonic possui um amplo portfólio e um leque de variados produtos, todos à sua disposição. Aproveite e conheça outros equipamentos de medição que irão complementar o seu projeto. O Portal Datasonic está disponível para você 24 horas por dia, 7 dias na semana. Apenas esperando você vir e conferir toda a tecnologia em equipamentos que disponibilizamos para você e sua empresa. Está esperando o que? Visite-nos agora mesmo.

Acesse: www.datasonic.com.br